13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75

Publicidade

Economia

Febraban orienta pagamento do IPVA na rede bancária

Para pagar o tributo, contribuinte precisa do número do RENAVAM

Foto: Arquivo BD
Por Jornal Bom Dia

A Federação Brasileira Bancos (Febraban) esclarece que o consumidor pode obter informações e efetuar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Estado de São Paulo nos canais de atendimento da rede bancária, bastando apenas informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM). 

Com o número em mãos, o contribuinte consulta e faz o pagamento do IPVA de 2016 nos terminais de autoatendimento, no internet banking ou no mobile banking de sua instituição financeira contratada pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

Dicas de segurança

Os bancos brasileiros investem anualmente cerca de R$ 2 bilhões em sistemas de segurança eletrônica para garantir a tranquilidade de seus clientes e colaboradores. Também atuam em estreita parceria com governos, polícias e com o Poder Judiciário para combater os crimes e propor novos padrões de proteção.

Para operar em um ambiente virtual seguro, os próprios usuários também devem ficar atentos e redobrar os cuidados. Contribuintes relataram à imprensa a existência de sites que simulam a aparência da página da Secretaria da Fazenda com o objetivo de obter informações pessoais e financeiras do usuário, prática conhecida como phishing.

Veja a seguir um roteiro com orientações de segurança elaboradas pela FEBRABAN.

  • Mantenha os antivírus originais instalados no computador atualizados para ter acesso aos serviços bancários;
  • Troque periodicamente sua senha de acesso ao banco na internet e utilize sempre senhas de bloqueio de uso do seu smartphone;
  • Só utilize equipamentos efetivamente confiáveis. Nunca realize operações em equipamentos públicos, desconhecidos ou que não tenham programas antivírus atualizados;
  • Não utilize telefones de estranhos e de origem desconhecida para efetuar transações ou fazer ligações;
  • Evite emprestar ou perder de vista seu smartphone;
  • Ao ter seu telefone roubado, furtado ou perdido, informe imediatamente ao seu banco;
  • Procure informar-se com o fabricante de seu smartphone quais os softwares e opções de segurança disponíveis para o aparelho;
  • Fique atento ao acessar sua loja de aplicativos. Evite obter aplicativos de origem desconhecida;
  • Não execute aplicações nem abra arquivos de origem desconhecida;
  • Use somente provedores confiáveis
  • Não use redes wireless (wifi) desconhecidas ou em locais públicos para efetuar transações bancárias;
  • Utilize sempre as versões de sistemas operacionais e browsers (programas de navegação) originais e atualizados, pois geralmente incorporam melhores mecanismos de segurança;
  • Evite acessar o site dos bancos redirecionado por outros sites, como os de pesquisa. Sempre acesse o site do banco diretamente pelo endereço do banco;
  • Se o caixa eletrônico ou equipamento do banco no comércio estiver inoperante, não aceite oferta de estranhos de passar seu cartão em terminal avulso, mesmo que se apresentem como funcionários do banco. Fraudadores têm utilizado esse golpe para clonar (copiar os dados) cartões e obter senhas;
  • Ao digitar sua senha em terminais de autoatendimento, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança.

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas