25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Economia

Comércio e serviços registram bons números na geração de empregos formais

A indústria aponta os piores números do ano, de acordo com dados do Caged de maio

teste
Comércio vem se recuperando pós pandemia
Por Rodrigo Finardi
Foto Vicente Hollas

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho divulgou nesta terça-feira, 28, os números relativos ao mês de maio sobre o trabalho formal com carteira assinada no Brasil, estados e municípios.

821 novas vagas no ano

No ano foram criados em Erechim 821 novos postos de trabalho com carteira assinada com 8.909 admissões e 8.088 desligamentos. Teve crescimento em janeiro, fevereiro e março. Já em abril, sofreu o primeiro revés do ano, demitindo mais que contatando e agora em maio se manteve estável. Foram 1.555 contratações e 1.553 demissões com carteira assinada, restando um saldo positivo de duas vagas criadas.

36.568 trabalhadores com carteira assinada

O destaque positivo foi para o comércio e serviços. A indústria, que é quem mais emprega, mas teve o pior mês de 2022 em maio. No total, Erechim tem 36.568 trabalhadores com carteira assinada em todos os segmentos da economia. A seguir os números individualizados.

Indústria: maio o pior mês do ano

A indústria foi o pior segmento da economia no mês de maio, e registrou os piores índices do ano. Foram 484 contratações com carteira assinada e 544 demissões, fechando com saldo negativo de 60 vagas.

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, é o segundo melhor segmento, atrás apenas do comércio. No total contratou 3.127 trabalhadores e desligou de suas funções, 2.875. Isso garante 302 novas vagas criadas com carteira assinada em 2022.

Atualmente o setor emprega 14.743 trabalhadores com carteira assinada

Construção Civil oscila ao longo do ano

A construção civil nos cinco primeiros meses do ano oscila bons e maus momentos. No mês de maio teve um saldo negativo de cinco vagas criadas com 131 contratações e 136 demissões. Porém, no ano de 2022 já abriu 138 novas vagas com carteira assinada (844 admissões e 706 demissões).

Mantém em Erechim 1.753 trabalhadores formais.

Comércio vem se recuperando pós pandemia

Em maio foi o segundo melhor segmento pesquisado, com 24 novas vagas abertas com carteira assinada. Foram 427 contratações e 403 desligamentos de suas funções.

Ao longo do ano, tem números positivos com 33 novas vagas ((2.136 admissões e 2.103 desligamentos). Em Erechim, atualmente gera 8.209 vagas de trabalho com carteira assinada.

Serviços, melhor no mês e no ano

O setor de serviços vem registrando bons números em 2022, sendo o principal empregador em todos os segmentos pesquisados. Foi o melhor em maio, com 47 novos postos de trabalho criados (511 admissões e 564 desligamentos). E também é o melhor no ano, somado os cinco primeiros meses. Já criou 357 novas vagas (2.780 admissões e 2.423 demissões).

Mantém com carteira assinada em Erechim, 11.692 trabalhadores.

Agropecuária fecha postos de trabalho

Outro segmento com pouco impacto na geração de emprego, a agropecuária, fechou o mês de junho com quatro postos de trabalho a menos (admitiu dois e desligou seis). No ano de 2022 também está no negativo. Foram criados 22 novos postos de trabalho e fechados 31, o que resulta em um saldo negativo de nove vagas.

A agropecuária mantém em Erechim, dados de maio, 171 trabalhadores com carteira assinada.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas