14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Região deve receber mais imunizantes nos próximos dias

teste
vacina.jpg
Por Izabel Seehaber
Foto Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Após receber 8.216 doses contra o Coronavírus (e 19.500 contra a Influenza) na última semana, a expectativa da equipe da 11ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) de Erechim é para um novo quantitativo nos próximos dias.

Em Porto Alegre, chegaram, na manhã de hoje (21), 526,5 mil vacinas da AstraZeneca/Fiocruz. O voo AD4515 pousou às 9h45 no aeroporto de Porto Alegre. De acordo com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, essas doses deverão ser utilizadas para a segunda aplicação, mas não serão distribuídas imediatamente. O lote irá para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, para distribuição às 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS) e aos municípios em momento oportuno.

O Rio Grande do Sul já aplicou 4,1 milhões de primeiras doses da vacina contra a covid-19, o que representa quase 50% da população gaúcha acima de 18 anos. De segundas doses foram 1,6 milhão de vacinas aplicadas, e 18% da população.

Em Erechim, a coordenadora interina da 11ª CRS, Cibeli Lazzari, destaca que, no que se refere à imunização, a situação é otimista, sendo que a semana foi marcada pelo recebimento de doses. “Isso representa a possibilidade de avançarmos na vacinação. Diante disso, não poderia deixar de ressaltar o comprometimento e a seriedade do governo do Estado para que possamos, o quanto antes, imunizar toda a população gaúcha. Também contamos com o apoio dos municípios da nossa região que tem feito um excelente trabalho para que isso seja possível”, salienta.

Contudo, Cibeli ressalta que há um alto índice de internações, fato que exige uma atenção redobrada no comprometimento e responsabilidade por parte da população. “Devemos fazer valer todos os cuidados e protocolos sanitários, sendo indispensável a utilização de máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social. Temos um papel muito importante de enfrentamento desta pandemia, em que dependerá de cada cidadão para que tenhamos dias melhores”, reitera a coordenadora interina.

 

 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas