14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Dia chuvoso e de imunização contra a covid em Erechim

Centenas de idosos estiveram na Central de Vacinação

teste
Lady Zaar, de 73 anos, não perdeu tempo e aproveitou a manhã para receber a segunda dose
Uma fila expressiva se formou nas proximidades da Central de Vacinação
Por Izabel Seehaber
Foto Izabel Seehaber

A manhã desta terça-feira (11), foi marcada por chuva, temperaturas amenas e muito movimento nas proximidades da Central de Vacinação em Erechim. Isso porque o município recebeu ontem (10), 540 unidades da CoronaVac, contra a covid-19, que estão sendo destinadas para a aplicação da segunda dose em idosos que haviam agendado até o dia 23 de abril.

Por volta das 9h foi possível registrar uma fila expressiva de pessoas aguardando o momento de ser imunizado.

A secretária de Saúde, Eclesan Palhão, afirmou que o quantitativo de vacinas não está nem perto daquilo que é preciso para contemplar todas as pessoas. Atualmente, cerca de 4 mil estão com a segunda dose em atraso em Erechim. “Infelizmente, dependemos do governo federal e do governo estadual para termos os imunizantes em mãos. Estamos no aguardo de uma nova remessa para podermos atingir o público que espera ansiosamente pelo imunizante do Instituto Butantan”, afirma Eclesan.

Lady Zaar, de 73 anos, não perdeu tempo e aproveitou a manhã para receber a segunda dose. “Estava preocupada, na expectativa para a segunda dose, mas agora, sinto-me muito feliz, mais tranquila e segura”, destacou em entrevista ao Bom Dia.

A aposentada reforçou que procura seguir sempre todos os protocolos de prevenção ao Coronavírus. “Meus familiares sempre ajudam e monitoram para que eu não deixe os cuidados. É preciso manter a atenção redobrada”, relatou Lady, citando que se mantem vigilante, ainda, no controle de doenças como diabetes e hipertensão. “É essencial que todos observem a hora certa para se vacinar e aproveitem essa oportunidade”, frisou.

A responsável técnica do setor de Imunização da Saúde de Erechim, Leila Hofmann, salientou que o movimento já era esperado pela equipe de profissionais e transcorre de maneira tranquila. Ela reforçou que a Central de Vacinação vai ficar aberta ao meio dia desta terça-feira e alertou que somente procure o local as pessoas que estão com a dose em atraso (23/04). “Do mesmo modo, a vacina contra a H1N1 pode ser feita nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), o que favorece para evitar aglomerações”, acrescentou.

Publicidade

Blog dos Colunistas