14°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,76 Dólar R$ 5,75
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,76 Dólar R$ 5,75

Publicidade

Saúde

Mapa preliminar sinaliza novamente para bandeira laranja

Bandeiras.jpg
Por Com informações Governo RS

Com apenas uma troca entre duas regiões, o mapa preliminar da 24ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (16), mantém três regiões com bandeira amarela (risco epidemiológico baixo) e as outras 18 com laranja (risco médio) – mesmos números da semana anterior.

A mudança é entre Pelotas, que estava na amarela e passa para laranja, e Cachoeira do Sul, que migra para amarela, somando-se a Bagé e Palmeira das Missões, que já estavam no menor nível de restrição previsto no sistema de bandeiras do Estado.

Como ainda cabe pedido de reconsideração, o mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (19), com vigência a partir de terça (20). A versão preliminar pode ser acessada em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

Cenário no Estado

O monitoramento semanal do modelo de Distanciamento Controlado mostra que o RS segue com ligeira queda em grande parte dos indicadores. É o caso do número de internados em UTI por SARG (-4%) e por covid-19 (-8%). Com isso, houve aumento de 5% no total de leitos livres destinados aos casos que necessitam de tratamento intensivo. A redução mais expressiva se deu no número de óbitos entre as duas semanas: queda de 16%.

Nota técnica sobre a região

Conforme avaliação da equipe técnica do Estado, nesta rodada do Distanciamento Controlado, duas das três regiões Covid obtiveram média final com avaliação de bandeira laranja: Erechim e Passo Fundo, e a Região de Palmeira das Missões obteve mensuração final compatível com a bandeira amarela.

Os registros de hospitalizações confirmadas para covid-19 registradas nos últimos sete dias aumentaram 31,6%, passando de 57 para 75 na macrorregião (somando as três regiões Covid). Por sua vez, com relação a internações em UTI por SRAG, enquanto há 7 dias havia 62 internados, a quantidade de pacientes aumentou para 41 no último dia – redução de 33,8%.

No caso de leitos clínicos, o número de pacientes também reduziu, de 56 para 42, queda de 25% entre as semanas. E com relação aos internados por covid-19 em leitos de UTI, o decréscimo foi de 23,6%, passando de 38 para 29 pacientes.

Somaram 16 óbitos registrados nos últimos dias na macrorregião, ao passo que chegam a 576 casos ativos. São 3.686 os recuperados.

O indicador relacionado a capacidade de atendimento melhorou no comparativo entre as semanas, avançando para a bandeira amarela. Com isso, o percentual de pacientes confirmados para covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, reduziu, atingindo um nível de risco baixo. Enquanto na semana passada havia 1,68 leitos de UTI livres para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador aumentou significativa, para 3,24.

No comparativo do número de leitos livres de UTI no último dia para atender Covid-19 entre as duas quintas-feiras, verifica-se um aumento de 47% no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19, passando de 64 para 94, mantendo o indicador na bandeira amarela.

Portanto, com as variações nos números de internados e na velocidade do avanço da doença, os dois indicadores macrorregionais que mensuram número de pacientes internados em UTI (por SRAG ou Covid-19) e o indicador de internados em leitos clínicos (Covid-19) obtiveram bandeira amarela. Os indicadores de capacidade de atendimento e de mudança na capacidade de atendimento, mensuradas pela macrorregião, obtiveram bandeira amarela.

 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas