12°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,04 Dólar R$ 5,53
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,04 Dólar R$ 5,53

Publicidade

Economia

A missão de educar os filhos para a vida financeira

Simone Angela Prigol Santolin
Por Simone Angela Prigol Santolin - Consultora Financeira
Foto Divulgação

Educar o filho para a vida financeira é um caminho de muito aprendizado, é necessário se manter em evolução contínua na educação financeira.

Os pais precisam ter a consciência que são a fonte de inspiração, é importante fazer que o aprendizado em Finanças seja algo do cotidiano, que se torne algo natural.
Os filhos aprendem de diversas maneiras, é função dos pais trazer os ensinamentos de diversas formas, desde a primeira infância até o final da adolescência e vezes até mais tarde.

O aprendizado pela repetição, é uma educação diária que é como ensinar a criança se alimentar de forma saudável diariamente. Neste método não espere que os seus filhos tenham um comportamento exemplar de primeira em relação às finanças, pois eles são inteligentes, mas não são maduros e não pensam como adultos. É necessário sempre muita explicação, compreensão, paciência. O seu exemplo, sua disciplina com as finanças são a fonte de aprendizado para os filhos.

 O que mais as crianças gostam é brincar, podemos fazer o aprendizado financeiro algo divertido quando inserimos jogos, livros e filmes de empresas que atendem este anseio.

Ensinar pelo exemplo, é ter consciência que nossos hábitos deveriam ser o que esperamos dos nossos filhos. Se você quer que os seus filhos não errem, tente você não cometer erros prejudiciais sua vida. Se você independente do grau de riqueza tem o hábito por exemplo, de consumir muito com itens supérfluos, sempre está gastando mais que recebe, não tem o hábito de poupar, não tem costume de negociar valores, fazer pesquisas de preços provavelmente verá seus filhos crescendo e cometendo estas mesmas atitudes. Se você quer ver eles felizes, com uma vida próspera precisa buscar uma mudança na sua vida presente.

Ensine pela justiça e honestidade, você pai e mãe é o herói do seu filho até não começar a decepcioná-lo. Se você por exemplo, receber um troco a mais numa loja, perceber e não devolver e ainda se vangloria, mostrará uma atitude desonesta a seu filho. Do mesmo modo se você pai fazer diversas promessas a seu filho e não cumprir, seu filho no futuro poderá agir de maneira a não pagar compromissos financeiros assumidos. Se tem dois filhos, é importante que as regras sejam iguais, por exemplo que os dois tenham horário para almoçar, estudar, brincar, este é o exemplo de justiça.

Aprendemos também quando ensinamos e temos humildade. As crianças de hoje estão informadas de coisas novas a todo momento, é necessário ter humildade para aprender com eles. 

Ensinar pelo amor, é uma forma muito positiva. Se os filhos guardarem lembranças de pais de mau humor, com conflitos financeiros não irão tirar o aprendizado de conhecimentos financeiros com lições agradáveis. Em ambiente harmoniosos, com respeito aumenta a capacidade das crianças aprenderem a lidar de forma equilibrada com as finanças.

São diversas formas de educar financeiramente os filhos, mas para você educá-los, o primeiro passo é buscar a sua Inteligência Financeira!

 

simone@preditta.com.br

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas