18°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 5,75 Dólar R$ 5,21
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 5,75 Dólar R$ 5,21

Publicidade

Economia

Coronavírus – Impactos na saúde financeira das empresas – Como enfrentar os desafios?

Simone Angela Prigol Santolin
Por Simone Angela Prigol Santolin - Consultora Financeira
Foto Divulgação

O aumento de casos de coronavírus no mundo, afeta a economia mundial, e diversos países já tem redução de suas expectativas de crescimento. O Brasil, já baixou sua projeção do PIB deste ano de 2,4% para 2,1%.

O governo brasileiro para amenizar os impactos da crise para a população mais vulnerável, anuncio uma série de medidas que devem injetar quase R$ 150 bilhões em 3 meses. Haverá medidas para empresas, que não possuem um capital de giro para evitarem fechar ou demitir funcionários.

Diante deste cenário, será difícil as empresas se manterem imunes aos efeitos macroeconômicos, mas pode ser uma oportunidade para crescer nesta crise.

Segue algumas dicas para enfrentar estes desafios:

  1. Vendas Digitais: não precisa ter um site, um e-commerces, você pode se reinventar e atender pelos watts, redes sociais. As pessoas estão casa, mas continuam consumindo, eis uma oportunidade de se diferenciar e vender!
  2. Redução de orçamento: momento para se reinventar, reduzir custos que as vezes estão ocultos nos processos e nos pagamentos,
  3. Capital de giro: se a empresa possuir capital de giro terá uma tranquilidade para passar um período de baixa de faturamento. A liquidez é importante para passar este período de crise, é importante fazer projeção de caixa, para programar se for o caso, captação de recursos com antecedência.
  4. Estoques: busque fazer estratégias para os estoques que estão a bastante tempo no estoque, para aumentar o faturamento.
  5.  Informação: busque estar informado das medidas que o governo vem anunciando para as apoiar as empresas com recursos, prorrogação de prazos de impostos bem com outras.
  6. Diversificação de Formas de Entrega: para aumentar o faturamento é importante que o empreendedor possa oferecer aos clientes uma entrega em casa.
  7. Renegociação: Procure renegocia com fornecedores e bancos se for o caso de o caixa não conseguir comportar os pagamentos dos próximos meses, simulando um cenário mais pessimista de faturamento.
  8. Novos Gastos: Evitar fazer despesas que não sejam extremamente necessárias.
  9. Variedade de Produtos: É importante ofertar a clientes opções de produtos e valores para poder optar conforme sua situação finança.
  10. Novos Investimentos: é necessário ter muita cautela para abertura de novos mercados, produtos que envolver um significativo investimento, é necessário fazer projeções, pesquisas em profundidade para tomar as melhores decisões.

 

                   As micro e pequenas empresa são muito vulneráveis aos impactos da crise.

Uma forma de apoio é o consumidor fazer compras de produtos, serviços das micro e pequenas empresa, ajudando a melhorar seu faturamento e evitar possíveis demissões de colaboradores.

               

 

Email: simone@prediletta.com.br   

 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas