25°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,49 Dólar R$ 5,59
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,49 Dólar R$ 5,59

Publicidade

Economia

Finanças pessoais: como ter equilíbrio financeiro

Simone Angela Prigol Santolin
Por Simone Angela Prigol Santolin - Consultora Financeira
Foto Divulgação

Hoje menos 5% das pessoas consegue ter uma vida em equilíbrio, isso quer dizer que menos de 5% são os que fazem exercícios regularmente, tem uma alimentação saudável, que tem tempo suficiente para família, amigos, lazer. Este número representa também que estes somente 5% são os que conseguem ter uma situação financeira com recomendações em equilíbrio.

O que é equilíbrio financeiro?

Equilíbrio é estado de estabilidade presente e sustentabilidade para o futuro.

Equilíbrio é quando você consegue com a receita mensal que recebe, pagar todas as contas e sobrar dinheiro para fazer reservas financeiras.

O equilíbrio financeiro, está em você poder:

Autoconhecer: saber quais seus projetos e prioridades, qual será a prioridade que dará em cada momento de vida.

Consciência Financeira: é saber como está sua vida financeira hoje, como usa o dinheiro, quais são suas atitudes sabotadoras e quais hábitos precisa desenvolver para construir seus sonhos.

Planejamento Financeiro: é o desenho de um plano, com um passo a passo de como mudará sua vida financeira.

Autocontrole Emocional: habilidade a ser desenvolvida para colocar o plano financeiro na prática, controlando impulsos de compras que não são prioridades e nem importantes.

Foco na Prática: é mudar os hábitos, é realizar as ações que estão no plano financeiro.

No equilíbrio financeiro é necessário ter consciência que você precisa economizar, organizar suas economias e separar suas economias em 3 reservas:

RESERVA EMERGENCIAL: é a primeira reserva que deve ser constituída, uma reserva que devemos ter com um valor de pelo menos 6 vezes o valor do gasto mensal da família. O equilíbrio financeiro não é estar somente sem dívidas e contas em atraso, é sim ter esta reserva que possa te estabilizar no caso de uma doença, perda de emprego ou outra situação adversa. Para constituir por exemplo, você pode trocar seu veículo, por um mais barato. Esta reserva deve sempre estar aplicada com liquidez imediata.

RESERVA DE SEGURANÇA: a segunda reserva a ser realizada para você estar seguro, precisa ser de 12 a 20 vezes o valor do gasto mensal da família. Como exemplo pode ser utilizado para poder ousar na carreira investindo em cursos e especializações ou investindo na abertura de um negócio próprio.

RESERVA DE LIBERDADE FINANCEIRA: esta reserva será destinada a você ter liberdade de viver apenas de rendimentos, ou com os rendimentos e uma parcela pequena do capital. Esta reserva é mais trabalhosa, precisa ser muito bem planejada. Pois, se seu objetivo é manter seu padrão de consumo ao longo da vida, hoje com a medicina muito avançada poderá viver muito mais que o esperado, e precisar muito mais reserva que projetou na sua aposentadoria.

É preciso ter um equilíbrio no poupar, para garantir paz, qualidade de vida e felicidade. O seu orçamento deve ser realizado de forma que você quando receba suas receitas do mês, consiga separar o dinheiro em 3 partes:

  1. para suas reservas financeiras.
  2. metas de curto, médio e longo prazo, para realização de sonhos.
  3. para o orçamento dos gastos mensais familiar e pessoal.

 

 

Email: simone@prediletta.com.br   

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas