22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,34
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,34

Publicidade

Economia

A importância da Administração Financeira para as Micro e Pequenas Empresas

Simone Angela Prigol Santolin – Consultora Financeira
Por Simone Angela Prigol Santolin - Consultora Financeira
Foto Divulgação

Hoje no Brasil há 9 milhões de empresas de micro e pequenas empresas, elas são muito importantes para a economia brasileira, pois: respondem por 27% do PIB (produto interno bruto), geram 52% de todos os trabalhos de carteira assinada. Setorialmente correspondem por 22,5% do PIB das indústrias, 53,4% do comércio e 36,3% dos serviços.

Geralmente nas micro e pequenas empresas o gestor da empresa, que é o proprietário, acaba executando e gerindo além da área administrativa e financeira todas as outras áreas, o que acaba tendo de ter diferentes conhecimentos, para poder tomar todas as decisões.

Para o empreendedor poder vencer no mercado, precisa dedicar-se para aprender todas as áreas de administração do negócio, até que um dia a empresa cresça e fique grande e o empresário deixe de fazer tudo.

A administração é realizada através do planejamento, da organização, da prevenção de riscos para o futuro. Exercer a administração financeira no negócio pode ser realizada através de conhecimentos medianos de contabilidade e finanças, soluções baratas em sistemas de gestão, sendo que alguns dispositivos em planilhas eletrônicas, podem resolver eficientemente.

Para realizar estas funções o administrador precisa estar atendo:

  1. Administração do caixa (controle de entradas e saídas do dinheiro)

Manter um caixa mínimo operacional é importante para fazer as atividades empresariais funcionarem. Cada empresa precisa ter um caixa que suporte o pagamento de despesas e custos mensais, além de uma previsão de valores para no mínimo 6 meses, antecipando necessidade de caixa via empréstimos a bancos. Mesmos que seja através de uma planilha Excel é importante um controle de fluxo do caixa dos valores orçado e realizado.

  1. Administração contas a receber (política de créditos e cobranças)

               Uma política de crédito para uma pequena empresa, precisa acertar o ponto de equilíbrio, que exige experiência. Uma política de crédito onde a empresa exige muito na concessão de crédito, assumindo menos riscos as vendas podem ficar prejudicadas. Já empresas no qual os parcelamentos são feitos em muitas vezes, o crédito aprovado não tem muitas restrições, vende-se mais, mas o risco de inadimplência é alto.

  1. Administração dos estoques

O estoque tem função especial na empresa, para poder administrar de forma adequada preciso estabelecer estoques mínimos, para ser o ponto que não falte para produção, para venda e que não fiquem muito parados para gerar custos financeiros.

Usar um tipo de controle de estoque é fundamental, mesmo que seja em papel. Importante fazer inventário periódico, criar mecanismos internos de processo de compra, manter controle de quantidade e valores estocados.     

 

  1. Alavancagem

A empresa pode alavancar seus negócios através do operacional e financeiro. Significa a empresa poder produzir e vender a quantidade de mercadorias certa para poder pagar todos os custos e despesas, entender seu ponto de equilíbrio para poder compor preços competitivos, manter a empresa no lucro.

 

 


Email: simone@prediletta.com.br   

 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas