0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Cultura

Esforço que faz a diferença

Com a colaboração e trabalho de muitas pessoas, Associação Recriando a Vida proporciona um Natal diferente para muitas famílias de baixa renda

Associação
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Recriando a Vida

Proporcionar um Natal diferente para famílias de baixa renda, essa é a proposta do Natal Solidário. A iniciativa é da Associação Beneficente Recriando a Vida, com a colaboração de muitas mãos, empresas, cooperativa, comunidade e voluntários.

Segundo a fundadora e coordenadora da associação, Andreia Meireles, há participação de muitas pessoas, cada um do jeito que pode, para que o projeto, que está na 4ª edição, se torne realidade.   

Andreia comenta que o objetivo do Natal Solidário é realmente fazer com que famílias, que estão passando dificuldades, consigam vivenciar uma ceia de Natal, com alimentação, doces e brinquedos, e que fique marcado em suas vidas. “A nossa história de Natal é conseguir proporcionar, ao maior número de famílias, um Natal diferente para a vida deles”, disse.  

“O ano passado conseguimos proporcionar um Natal diferente para 300 famílias, muitas delas, a doação recebida foi a alimentação mais adequada que elas tiveram naquele dia. Algumas pessoas chegavam a chorar ao receber os alimentos”, lembra.

Há anos Andreia participa e atua em ações sociais, já viu de tudo ao longo desses anos, e, mesmo assim, em alguns casos, ela ainda se emociona com a reação das pessoas ao receber as doações. “Pra nós também é uma emoção muito grande”, disse.   

Conforme ela, geralmente a doação envolve comida, uma cesta básica, feijão, arroz, massa, café, leite, bolacha, lentilha, mas também, brinquedos e um panetone, para cadastrados. Neste ano, uma parceria com o Programa Mesa Brasil e o Sicredi vai proporcionar, também, um chester para cada família cadastrada na associação.

Comunidade

Andreia ressalta que tudo que é doado vem da ajuda da comunidade, empresas, entidades e voluntários. “São anjos que nos apoiam”, diz. E, acrescenta, que a participação e ajuda da comunidade é muito importante, esse é um projeto feito por muitas mãos. “Inclusive com colaboração vinda do estado de Santa Catarina e Paraná”, diz.

Ela cita o exemplo do grupo de motoqueiros que colabora com a associação, realiza o pedágio solidário, arrecada recursos, compra alimentos e doa para a entidade. 

A coordenadora enfatiza que a Associação Beneficente Recriando a Vida consegue manter as portas abertas e atuante em função de seus colaboradores. “A comunidade mantém o recriando, e os voluntários nos auxiliam nas oficinas e nas atividades da casa”, destaca.

Por fim, Andreia salienta, o objetivo de todo esse trabalho é ajudar as famílias a fazer um Natal diferente. As doações, desse ano, foram entregues no dia 22 de dezembro.

Associação Beneficente Recriando a Vida

O Recriando a Vida está localizada no Bairro Presidente Vargas e atua na comunidade há mais de 10 anos. O objetivo e a preocupação da associação é retirar as crianças da rua, por isso, trabalha em dois turnos, manhã e tarde, de segunda a sexta-feira, com crianças de 6 a 13 anos. Atualmente, atende 89 crianças, com a colaboração de mais de 50 voluntários. A entidade serve refeições para as crianças e realiza diversos tipos de oficinas, entre outras ações e atividades.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas