0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Regiões unidas alavancam mais de 35 mil assinaturas para novo Santa

Entrega foi feita ontem (4) ao deputado federal, Dionilso Marcon (PT) em reunião da Amau na abertura da Expoara em Aratiba e contou com a presença de representantes da Amunor e da Amzop. Objetivo é buscar recursos de emendas parlamentares para novo complexo da Fundação Hospitalar Santa Terezinha

Entrega das assinaturas foi feita ontem durante assembleia da AMAU em Aratiba
Por Redação
Foto Antonio Grzybowski/Divulgação

A mobilização em defesa do “Novo Hospital Santa Terezinha” coletou mais de 35 mil assinaturas em três regiões do Rio Grande do Sul. O requerimento coletivo endereçado ao coordenador da bancada federal gaúcha no Congresso Nacional, deputado Giovani Cherini (PL), foi entregue simbolicamente nesta sexta-feira (4) ao deputado federal Dionilso Marcon (PT), em Aratiba, durante assembleia geral dos prefeitos que integram a Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau).

O presidente da Associação dos Municípios do Nordeste Rio-Grandense (Amunor) e prefeito de Sananduva, Leomar Foscarini e o vice-presidente da Associação de Municípios da Região da Produção (Amzop) e prefeito de Iraí, Antonio Vilson Bernardi, também estiveram presentes.

O deputado Paparico Bacchi, articulador do movimento, agradeceu ao empenho de prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais de saúde, que segundo o parlamentar uniram forças em torno desta importante demanda da área da saúde pública.

“O novo projeto do Hospital Santa Terezinha não é um luxo, é uma necessidade. O engajamento coletivo mostra que esta instituição de saúde, referência para mais de 600 mil usuários do Sistema Único de Saúde, é uma causa de todos, sem cores partidárias”, afirma Paparico.

O pedido aos deputados federais é pela indicação de emenda de bancada no valor de R$ 20 Milhões ao orçamento da União para 2020. A previsão é que serão necessários R$ 120 milhões para edificar o “Novo Santa”.

A decisão dos deputados deverá ocorrer no dia 10, quando a bancada se reúnem novamente para eleger os projetos prioritários para o RS.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas