0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Cultura

Reunião aberta da Academia Erechinense de Letras

Confrades, confreiras e convidados se reuniram no Polo de Cultura, juntamente com o Patrono da Feira do Livro, José Adelar Ody, que aniversariava na data

Presidente da Academia Erechinense de Letras, Lúcia Balvedi Pagliosa
Confrade José Adelar Ody, é o patrono da Feira do Livro 2019
Karina Denicol declamou um poema de Álvares de Azevedo, chamando atenção pela propriedade do momento
Ademir da Rosa declamou dois poemas de sua autoria
Público presente no Polo de Cultura
Por Assessoria
Foto Divulgação

Reunião aberta da AEL (Academia Erechinense de Letras), fez parte da Programação Oficial da Semana Farroupilha, no final da tarde do dia 18 de setembro, no Polo de Cultura, onde realizava-se o 11º Acampamento Farroupilha.

Patrono do Acampamento Farroupilha

Na abertura da reunião a presidente, Lúcia Balvedi Pagliosa, fez a saudação aos presentes, plateia composta pelos confrades, confreiras, familiares, secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Leandro Basso; Patrono do Acampamento Farroupilha 2019; Antônio Carlos Nunes; assessor de Cultura, Marco Antônio Pedott; Luiz Antônio Torres, presidente do Instituto Cultural Bota Amarela e Fábio Vendruscolo, presidente da ACCIE.

Luiz Antônio Torres, presidente do Instituto Cultural Bota Amarela, a convite da Presidente da AEL, fez uma linda oração.

A inspiradora e a história

Alba Albarello (inspiradora da criação da AEL; Helena Confortin (primeira presidente da AEL) ocuparam a mesa e esta última falou aos presentes e convidados, de forma precisa e emocionada, sobre como se constituiu a AEL e como tem sido sua profícua história desses quase 5 anos.

Os fatos do Acampamento Farroupilha

O historiador, músico e confrade da AEL, Enori Chiaparini usou da palavra e abordou por cerca de 15 minutos comentários sobre a fatos da Revolução Farroupilha.

O setembro amarelo

Karina Denicol declamou um poema de Álvares de Azevedo, chamando atenção pela propriedade do momento que vivemos - o setembro amarelo. Destacou estatísticas preocupantes sobre pessoas que tiram a própria vida.

Poemas tradicionalistas

O confrade Luís Ademir da Rosa, professor, radialista, escritor declamou, de forma majestosa, dois poemas tradicionalistas de sua autoria.

A Feira do Livro na antiga EMA

O confrade aniversariante, José Adelar Ody, Patrono da Feira do Livro 2019, falou da emoção ao receber o convite, do local da próxima Feira (antiga EMA), de convidados para a feira deste ano, e da necessidade de, ora em diante, pensarmos num lugar definitivo para a Feira do Livro.

Elogio a crônica

Já Neivo Zago, professor, escritor e articulista do Jornal Bom Dia, cumprimentou a confreira Neusa Cidade Garcez pela excelente crônica, publicada no jornal Bom Dia “Farrapos e Esfarrapados”.

Parabéns e o Celeiro de Carnes

Antes de encerrar a reunião, os parabéns cantados, de forma convencional e à moda gaúcha, ao confrade José Adelar Ody, e em seguida todos participaram de um jantar no andar térreo do Polo de Cultura - Celeiro das Carnes, num momento de muita descontração e alegria.

Publicidade

Blog dos Colunistas