0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Cultura

Estímulo à arte da dança

Abertura da segunda edição do festival foi realizada na noite de ontem (11), no Centro Cultural 25 de Julho. A programação segue até domingo (16), com a cerimônia de premiação

Categoria infantil encantou e emocionou o público
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Estímulo à arte da dança
Por Amanda Mendes
Foto Amanda Mendes

“A dança? Não é movimento, súbito gesto musical. É concentração, em um momento da humana graça natural. Um estar entre céu e chão, novo domínio conquistado, onde busque nossa paixão libertar-se por todo lado…”, com os versos do poeta Carlos Drummond de Andrade, iniciou na noite de ontem (11), a segunda edição do Festival de Dança de Erechim. 
Serão cinco noites de evento que está sendo sediado no Centro Cultural 25 de Julho.  A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo e conta com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas - Ieacen/RS e da Associação Gaúcha de Dança (Asgadan) e tem como objetivo fomentar a arte, bem como, oportunizar à comunidade espetáculos com diversas linguagens de dança.
A cerimônia de abertura iniciou com a apresentação dos vencedores da edição de 2018: Grupo Bahir, Arthur do Santos e Ray Fernando e foi prestigiada por diversas autoridades do poder Executivo e Legislativo municipal, entre eles o prefeito Luiz Francisco Schmidt, o secretário de Cultura, Leandro Basso e presidente da Câmara de Vereadores, Alderi Oldra. 
Serão cinco noites de magia, traduzidos em cada passo, música e em cada momento, as belezas da dança. Neste ano, o festival irá envolver cerca de 40 grupos, com 151 coreografias protagonizadas por 716 bailarinos.
De acordo com a Secretaria, o evento visa aperfeiçoar as técnicas de cada pessoa envolvida, por isso, ao fim de cada noite de apresentações, os grupos terão a oportunidade de participar de um debate com a comissão avaliadora. Nesta edição, a comissão está composta por seis avaliadores que possuem carreiras reconhecidas nacional e internacionalmente na área da dança.
Na solenidade, o prefeito de Erechim recuperou a importância da dança para enfrentar as situações cotidianas. “Essa arte tem força para melhorar a cidade e construir um mundo mais feliz”, destacou Schmidt. 
Neste sentido, o secretário de Cultura ressaltou a importância de a Capital da Amizade retomar seu papel de estimular as expressões artísticas. “A vida é uma dança constante e cada movimento releva a maneira como lidamos com ela, portanto, é essencial recuperar nosso papel protagonista no incentivo às artes”, concluiu.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas