18°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

46565416_m.jpg

Profissionais apresentam dicas de como manter uma alimentação equilibrada no verão

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação

Com as altas temperaturas nos primeiros meses do ano, junto com o cenário de pandemia provocada pela covid-19, é o momento de redobrar a atenção aos cuidados com a saúde. Isso deve ser reforçado, principalmente, quando falamos em manter uma alimentação nutritiva e equilibrada para melhorar o sistema imunológico, além da preocupação com a higienização dos alimentos.

Alimentação durante o verão

Ao contrário do inverno, estação em que é comum sentir mais fome, as temperaturas elevadas podem inibir o apetite. É comum que a maior parte das pessoas não consiga seguir uma alimentação balanceada e nutritiva, composta de proteínas, carboidratos, gorduras boas, fibras, vitaminas e minerais. “Para montar uma refeição saudável que ajude na proteção do corpo, é importante lembrar que um prato equilibrado deve ser composto 50% por vegetais crus e cozidos, 25% de proteínas, como carnes, peixes, ovos, entre outros, e 25% de carboidratos, de preferência integrais. Na sobremesa, pode-se optar por frutas”, explica a nutricionista, Francisca Silva.

Salada de frutas com creme de iogurte de coco

Para evitar um possível desequilíbrio na alimentação, é recomendado evitar longos períodos em jejum. “Uma dica é fazer um lanche saudável, como um snack de castanhas caramelizadas com açúcar de coco, antes de sair de casa, pois isso ajuda nas escolhas e no consumo moderado dos alimentos”, sugere a nutricionista, Claudia Musa.

Para colorir e enriquecer os pratos, as saladas são ótimas opções. Além de serem ricas em nutrientes, elas ajudam a aumentar a saciedade e melhorar o processo digestivo. Durante a escolha das proteínas, as carnes magras devem ser priorizadas, sempre retirando as gorduras.

Outro ponto importante é a hidratação. Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso, a necessidade de se hidratar, para que todo líquido perdido seja reposto. “Nesse período, a ingestão de bebidas alcoólicas deve ser controlada e intercalada com água e outras bebidas não alcoólicas, como sucos naturais com as frutas da época”, conclui Claudia.

Vitaminas e minerais para uma alimentação nutritiva

Neste ano atípico, a alimentação equilibrada tornou-se ainda mais importante e essencial para reforçar a imunidade. Entre os nutrientes necessários para a manutenção do sistema imunológico, estão:

●         Vitamina A - Pode ser encontrada em cenouras, batata doce, folhas de brócolis, manga, couve fígado, gema de ovo, leite e derivados.

●         Vitamina C - Kiwi, goiaba, brócolis, frutas cítricas, frutas vermelhas, talos de couve e salva.

●         Vitamina D - Peixes, ovos, lácteos, fígado e cogumelos.

●         Vitamina E - Azeite de oliva extravirgem, castanhas, avelã, semente de girassol e abacate.

●         Zinco - Camarão, peixe, fígado, sementes, castanhas, grãos integrais e cereais.

●         Ômega 3 - Peixes, castanhas, amêndoas, nozes, sementes e linhaça.

●         Prebióticos - Trigo, cebola, banana, mel, alho e raiz de chicória.

●         Potássio - Ameixa, frutos do mar, amêndoas, acelga e amendoim.