25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Saúde

Além de fortalecer a parte muscular e óssea, o movimento ajuda na secreção de vários hormônios ligad

Esporte para crianças: aliado contra o sedentarismo e depressão

Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

A prática esportiva traz inúmeros benefícios, inclusive para as crianças, é o que aponta pesquisa da Universidade de Montreal publicada no Journal of Developmental & Behavioral Pediatric. O estudo concluiu que o esporte reduz o risco de depressão na infância, além de combater o sedentarismo. O educador Ivan Westin, professor do curso de educação física da Faculdade Pitágoras, afirma que é preciso ficar atento aos sinais de sedentarismo ainda na infância. “O sedentarismo não é considerado uma doença, mas ele traz várias enfermidades como a hipertensão arterial, diabetes, ansiedade, aumento do colesterol, infarto e muitos outros riscos. E todas essas doenças podem aparecer ainda na infância. Se a criança for sedentária e continuar até a fase da adolescência, com certeza ela terá riscos ainda maiores. O esporte é fundamental para crianças”.

Com a pandemia, o consumo de jogos eletrônicos aumentou 75% no Brasil e a população gamer com menos de 18 anos cresceu 10%, conforme a pesquisa Game Brasil 2021. O educador físico defende que os pais devem incentivar que as crianças se movimentem e não fiquem presas nas atividades eletrônicas. Pular, correr e dançar são algumas das atividades sugeridas pelo especialista. “É fundamental que os pais tenham iniciativa para mostrar para as crianças esse lado da infância, o lado do movimento, do esporte, da prática, do saber ganhar e perder. Movimento em geral, não somente o esporte, mas também brincadeiras, jogos, tudo que traz movimento é muito bem-vindo nessa faixa etária. Além de fortalecer a parte muscular e óssea, o movimento ajuda na secreção de vários hormônios ligados ao prazer e bem-estar, proporcionando qualidade de vida”.

Professor Westin destaca que a falta de movimento pode gerar danos para a saúde das crianças e adolescentes. “Com o tempo, a falta de movimento traz malefício e ele pode ser muito grave. Também não podemos esquecer da questão psicológica da criança que está envolvida somente com jogos eletrônicos e não tem uma vida social bem desenvolvida”, diz o docente. O último senso do Ministério da Saúde aponta que no Brasil 6,4 milhões de crianças, entre três e 12 anos, estão com sobrepeso e 3,1 milhão já estão com quadro de obesidade.

A seguir, o professor lista alguns benefícios das atividades físicas para crianças e adolescentes:

Combate a obesidade;

Auxilia no desenvolvimento da coordenação motora;

Estimula a convivência em grupos;

Ensina a respeitar regras;

Melhora o desenvolvimento cognitivo;

Ensina a lidar com frustrações: o ganhar e o perder;

Diminui os riscos de depressão e outras doenças mentais;

Ganho de força e melhora muscular.