0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Imagem ilustra que além da questão estética, há menor agressão ao organismo

Procedimento inédito é realizado no Hospital da Unimed

Por Divulgação
Foto Divulgação

Na quarta-feira (24) foi realizado o primeiro procedimento de Nefrectomia Radical Videolaparoscópica do Hospital da Unimed de Erechim. O urologista Marcelo Guollo atuou com auxílio dos médicos Felipe Franciosi e Luciano Zardo, e demais equipe da enfermagem. O procedimento durou aproximadamente 120 minutos e transcorreu sem complicações.

Conforme Guollo, o procedimento consiste na remoção cirúrgica do rim acometido por um tumor, realizada por portais abdominais, ou seja, pequenos orifícios por onde são introduzidos os instrumentos de trabalho. “Um desses instrumentos é a óptica ou câmera, que permite a visualização de dentro da cavidade. A técnica permite o mesmo tratamento oncológico que a cirurgia tradicional aberta, com índices de cura idênticos, mas melhores resultados funcionais”, explica o especialista.

A diferença das menores incisões, segundo o médico, é que além da questão estética, há menor agressão ao organismo e melhor e mais rápida recuperação pós operatória, com tempo médio de internação de dois a três dias e retorno precoce às atividades habituais.

 

Leia também