16°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Diocese de Erexim lança sua Romaria deste ano

Momento aconteceu em terço e missa do dia 13 de maio

teste
DSC00755.JPG
Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação

O Santuário Diocesano N. Sra. de Fátima de Erexim celebrou a memória de sua padroeira em duas celebrações nesta segunda-feira, 13 de maio, às 14h30 e às 18h30 com terço e missa. As celebrações foram precedidas por uma novena do dia 04 a 12 deste mês. Em cada dia dela foi lembrada uma mensagem das aparições de Nossa Senhora, ressaltando a identidade do Santuário que se fundamenta na espiritualidade daquelas aparições. Em cada dia, houve um grupo convidado para participar e, durante a homilia ou antes da bênção, pessoas do mesmo deram breve depoimento sobre a importância da devoção e do amor a N. Sra. de Fátima.


O terço e a missa das 14h30 foram presididas pelo Pe. José Carlos Sala e concelebrada pelo Pe. Lucas Stein. Tiveram presença especial das zeladoras de capelinhas. A celebração das 18h foi presidida pelo Bispo diocesano Dom Adimir Antonio Mazali e concelebrada por 4 padres, tendo Pe. Lucas André Stein como cerimoniário, a participação de 3 diáconos, ministras, coroinhas, a comissão diocesana de liturgia e fiéis que, mesmo com chuva, lotaram completamente o recinto. 
No início, o Reitor do Santuário, Pe. José Carlos Sala, recordou com emoção a situação que vive o nosso Estado, frisando que depois da celebração, todos iriam para suas casas. Milhares atingidos pelas enchentes não terão mais sua casa para a qual retornar. Por isso, a celebração incluía pedido por todos e pelos familiares falecidos.


Dom Adimir conduziu a homilia a partir da pergunta onde estava Maria quando recebeu o anúncio do anjo de que seria a Mãe do nosso Redentor; quando o Menino Jesus estava no Templo de Jerusalém com os doutores da lei; nas bodas de Caná da Galileia; quando ele estava no alto da Cruz no Calvário; na festa de Pentecostes; onde está Maria nesta situação dolorosa que o nosso Estado vive? A cada interrogação respondia acentuando a presença específica de Maria, sempre atenta, sempre servindo, sempre consolando e fortalecendo. Enfatizou que ela está no coração de cada devoto seu, está em nosso coração. Destacou que sua mensagem em Fátima, Portugal, durante a primeira guerra mundial, em 1917, pedindo conversão, penitência e oração, continua muito atual para nossos dias, em que o mundo, isola Deus de sua vida, muitas pessoas se esquecem dele, embora ele nunca se esqueça de de ninguém.


O lançamento da 73ª Romaria Diocesana
No final da celebração, a Comissão Diocesana de Liturgia, fez o lançamento da 73ª Romaria de Fátima no Santuário em Erechim, neste ano. 
Será no dia 13 de outubro e sua novena preparatória, do dia 04 ao dia 12, com a Romaria da Criança coincidindo no Dia da Criança. A Romaria coincidirá com o dia da última aparição de N. Sra. em Fátima. A novena, como nos últimos anos, terá 4 celebrações diárias: às 7h, 14h, 18h e 20h.

Neste ano dedicado à oração em preparação do Jubileu 2025, o tema da novena e da Romaria apresenta Maria como modelo para a vida de oração, assim formulado: Maria, mãe do silêncio, da escuta e da oração!
O lema retoma o primeiro verso do grande hino que Maria rezou/cantou ao
Senhor e por isso é: A minha alma engrandece o Senhor! (Lc 1,46) 
A novena será a partir da Oração do Pai Nosso, com referência e reflexão de
uma parte em cada dia, concluindo com “Pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.” 
Por fim, Dom Adimir declarou lançada a 73ª Romaria de N. Sra. de Fátima, dia 13 de outubro deste ano, no Santuário, em Erechim

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas