5°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Ensino

URI integra Cátedra UNESCO UniTwin - A Cidade que Educa e Transforma

O lançamento da Cátedra ocorreu na terça-feira, dia 28, no Edifício da Câmara Municipal de Lisboa

teste
Professoras da URI participaram do O Programa de Cátedras da UNESCO
Por Assessoria de Comunicação
Foto Ascom

O Programa de Cátedras da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) foi estabelecido em 1992, juntamente com o programa UNITWIN (University twinning), visando oferecer formação, por meio do intercâmbio de conhecimentos e o espírito de solidariedade entre os países em desenvolvimento. 

Atualmente, existem cerca de 640 cátedras e 60 redes UNITWIN, que envolvem mais de 770 instituições em 126 países diferentes.

Na última terça-feira, dia 28, ocorreu o lançamento da Cátedra UNESCO UniTwin - A Cidade que Educa e Transforma. No evento, foi dado o passo inicial para o plano de atividades 2023-2026, do Programa de Cooperação Internacional, da qual fazem parte 12 Instituições de Ensino Superior de Brasil, Portugal e Guiné-Bissau e é liderada pelo Isec – Lisboa (Instituto Superior de Educação e Ciências) e visam cumprir os seguintes objetivos:

  • A promoção de um sistema integrado de atividades de investigação, formação e documentação na área das Cidades Educadoras e a divulgação de conhecimentos sobre o conceito de uma cidade educadora, a fim de permitir modelos de governação em linha com os ODS;

  • A Investigação e reflexão sobre as práticas baseadas em modelos de governação inspirados no conceito de Cidades Educadoras e suas respostas aos problemas emergentes das sociedades, especialmente na perspetiva da consolidação de democracias;

  • A criação de uma Rede de conhecimento que permita aos governos locais oferecer uma oferta diversificada de respostas equitativas e justas para os problemas da sociedade contemporânea;

  • A cooperação e colaboração na construção de sociedades do conhecimento por meio de diferentes estratégias de cidades educadoras.

A Rede Internacional Cidade que Educa e Transforma é constituída pelos seguintes membros fundadores:

  • Instituto Superior de Educação e Ciências - ISEC Lisboa, Portugal;

  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, URI, Brasil;

  • Universidade Passo Fundo, UPF, Brasil;

  • Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil;

  • Universidade Federal da Bahia, UFAB, Brasil;

  • Universidade Franciscano, UFN /Santa Maria, Brasil;

  • FACED/Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil;

  • Instituto Politécnico Nova Esperança da Guiné-Bissau;

  • Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil;

  • Centro Universitário Internacional, Uninter/ Curitiba/PR, Brasil;

  • Fundação Anísio Teixeira, Brasil;

  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Unisinos, Brasil.

Pela URI, participaram as professoras, Edite Sudbrack e Jaqueline Moll, que estiveram presentes no evento de forma presencial, e a educadora Luci Bernardi. 

Em seu discurso, a educadora Moll, deixou algumas referências como fontes de inspiração, com os informes da UNESCO, desde os anos 70 até aos desafios dos dias de hoje. “Trata-se agora de reconhecermos os nossos desafios e necessidades, valências e reconhecermo-nos como companheiros de viagem, juntos na tarefa de formarmos um mundo cívico e sustentável para estas e para as próximas gerações. Os temas ambientais, seguramente, atravessaram a Cátedra, porque é preciso”, destacou.

O plano de ação da Cátedra, A Cidade que Educa e Transforma, diz respeito a quatro tipologias de atividades, sendo elas: investigação científica, desenvolvimento de formação, divulgação e disseminação de conhecimento e projetos de cooperação, que serão desenvolvidos no período 2023-2026.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas