25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Em Barão de Cotegipe morador pede solução para desperdício constante de água

Vazamento ocorre em caixa d’água no loteamento Malysz no município

teste
Divulgação
Por Ígor Dalla Rosa Müller [email protected]
Foto Divulgação

A região Alto Uruguai está enfrentando, novamente, uma severa estiagem, trazendo problemas efetivos – e que crescem a cada dia que não chove – para o consumo humano, produção agrícola e animais. Atento a essa realidade, e à falta de água, o morador de Barão de Cotegipe, João Doglas Cavalheiro, entrou em contato com o jornal Bom Dia para fazer um desabafo e relatar o desperdício de água no loteamento Malysz e para pedir uma solução para esse problema, já que ocorre seguidamente, pelo menos duas vezes na semana.  

Conforme João, a filmagem é um desabafo, já que se está vivendo um momento em que falta chuva e, consequentemente, a possibilidade real de não ter água para a população. “Presencio esta cena do vídeo todas as semanas, ao menos duas vezes por semana, e, hoje, ficou mais de uma hora no mesmo volume de água saindo da caixa de água. Já foi avisado várias vezes e até postado um vídeo do mesmo ocorrido, porém não mudou nada, não tomaram providências para que isso não ocorra mais. Aí, estão querendo fazer racionamento de água na cidade, porque é muito mais fácil pedir para as pessoas usarem menos água, que por sinal é paga por cada um dos indivíduos da cidade que a usam, do que ir atrás de vazamentos que ficam semanas, meses, vazando, e solucionar esse desperdício”, desabafa.

E, acrescenta, "teve um dia que eu cheguei lá de manhã cedo, por volta das 6h40, já estava vazando água, foi avisado, e de meio-dia quando saí do trabalho, passei lá de novo e continuava a vazar o mesmo volume”.

Corsan

Segundo a assessoria de Comunicação Social da Corsan, com relação ao desperdício de água em Barão de Cotegipe, em nota, afirma que em “decorrência da oscilação de tensão elétrica fornecida pela concessionária RGE, o sistema de telemetria que comanda automaticamente o nível do reservatório foi desregulado, causando o extravasamento”.

E, acrescenta, “esse sistema aciona o bombeamento do poço artesiano que abastece o reservatório quando necessário, e o desliga no momento em que é atingido o nível ideal. Equipe de manutenção eletrotécnica está no local neste momento realizando o conserto do equipamento. A previsão é normalização da operação deste sistema até o final da tarde de hoje, dia 27”.

Publicidade

Blog dos Colunistas