14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Mais de três décadas de dedicação ao trabalho social

No Lar da Criança ela exerceu muito mais que atividades administrativas e a entidade se tornou a ext
Da sacada de sua residência, dona Edir acompanhou as manifestações de carinho de familiares e amigos
Por Izabel Seehaber

A noite de ontem (26) foi marcada por momentos de muita emoção e alegria para Edir Bisognin Goelzer, que, aos 85 anos de idade, se despediu da presidência do Lar da Criança de Erechim. Ao todo, foram 33 anos de dedicação exclusiva ao trabalho social. Como a própria família e amigos definiram: “com a maior remuneração do universo: o amor e a solidariedade em movimento”.

Discreta, ela quis que sua saída fosse do mesmo jeito. Porém, diante de tanto carinho e reconhecimento, não era possível deixar que o dia passasse em branco. Com isso, foi organizada uma homenagem, que seguiu todos os protocolos de segurança em razão da pandemia. Da sacada de sua residência, dona Edir acompanhou manifestações de carinho por meio de aplausos, sinais de buzina, balões e palavras doces de quem a conhece e reitera suas qualidades.

A missão especial

No Lar da Criança ela exerceu muito mais que atividades administrativas, mas representou também, o papel de ‘mãe’ ou de ‘tia’, como é carinhosamente chamada.  A entidade foi a extensão da própria casa.

No ano de 2017, o Bom Dia publicou uma entrevista especial com dona Edir, no Dia das Mães. Naquele ano, durante a conversa, ela reiterou: “Tenho uma família muito grande, com filhos espalhados pelo mundo inteiro. Pessoas que estiveram aqui na entidade, passaram pelas atividades, e os que foram adotados, sabemos que estão muito bem. As famílias nem dizem que foram adotados, falam: meus filhos de verdade”, comentou, citando que essa expressão a deixa muito feliz.

Confira algumas manifestações para dona Edir:

“Todos, desde pequenos, rezam para o anjo da guarda, mas poucos têm a chance de vê-lo. As mais de mil crianças que passaram pelo Lar da Criança nos últimos 33 anos, tiveram esta sorte, e nós também! Temos orgulho do teu legado”, seus familiares.

“Parabéns e obrigada por tudo ‘Tia Edir’, como é carinhosamente chamada. Abraços de seus eternos colaboradores, crianças, adolescentes e voluntários do Lar da Criança”.

Publicidade

Blog dos Colunistas