22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,40 Dólar R$ 5,39
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,40 Dólar R$ 5,39

Publicidade

Região

Prefeitura de Três Arroios flexibiliza algumas atividades esportivas e religiosas

Município autorizou retorno de algumas atividades esportivas, dentro de uma série de regras sanitárias

Está autorizado o funcionamento de jogos esportivos na modalidade futebol de campo, futsal e voleibo
Por Da Redação/ Ascom
Foto Divulgação

A Prefeitura de Três Arroios autorizou o retorno de algumas atividades esportivas no município, dentro de uma série de regras sanitárias. O novo Decreto Municipal, Nº 2.884, já está em vigor e ficam estabelecidas medidas de flexibilização na prevenção e enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), além daquelas já editadas e bem como aquelas que podem vir a ser editadas.

Está autorizado o funcionamento de jogos esportivos na modalidade futebol de campo, futsal e voleibol com requisitos e condições. Não será permitida a presença de torcedores ou torcida nos jogos. As entidades deverão exigir e manter protocolo de cada atleta onde contenha, no mínimo, nome completo, telefone para contato e endereço em que possa ser encontrado. Não será permitida a aglomeração de pessoas antes ou após os jogos.

Também foram liberados os jogos de bocha nas canchas abertas ou fechadas para competições como lazer. Além de haver a higienização dos equipamentos e bolas para a atividade conforme protocolos exigidos para a prevenção da transmissão da COVID-19, ainda deverá ser observados os requisitos e especificações conforme parágrafo anterior.

As Missas e Cultos, desde que com limite máximo de 50% (cinquenta por cento) da capacidade de assentos do local, bem como, adotem as providências necessárias para garantir um distanciamento interpessoal mínimo de 1,5 e observem as medidas gerais do decreto de calamidade.

Em caso de não respeitar as determinações  para o funcionamento das atividades permitidas, poderá a entidade e os eventuais participantes ser punidos com a paralisação das atividades, se estas estiverem ainda ocorrendo, a posterior interdição do local e, se for o caso, aplicação de penalidades de multa e cassação de alvará de localização e funcionamento, conforme previsto na legislação municipal e outras correlatas.

Leia também

  • Jacutinga: ave dá nome ao município

    Moradores e tropeiros que por ali passavam deram esse nome ao pequeno vilarejo

  • Itatiba do Sul: terra das pedras

    Ao chegar ao local onde hoje é Itatiba do Sul, o imigrante se deparava com a floresta virgem. Como havia muita madeira de lei, o corte das árvores mostrava-se lucrativo, seja para abrir os espaços para a construção dos “ranchos”, preparar o solo, limpar o chão para o plantio

  • Ipiranga do Sul: município construído por muitas mãos

    A formação de Ipiranga do Sul começou na propriedade da família Rigo, que, apesar de não morar lá, possuía um agregado, chamado Jacó Postal, que, junto aos seus familiares, cuidava de terra e trabalhava na lida do gado

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas