22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,41 Dólar R$ 3,93
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,00 Dólar R$ 3,00

Publicidade

Geral

Bairro União: em busca de um espaço público para as crianças

O município de Erechim tem hoje 58 bairros oficiais, representados pelos presidentes das associações comunitárias de moradores. O Jornal Bom Dia inicia, com a matéria de hoje, uma série de reportagens com os representantes dessas associações

Terreno para construção da praça fica em frente ao bairro e está desocupado
“A rota não volta pelo bairro, só passa e vai para outro lugar", diz Adair
De acordo com Adair, outra preocupação dos moradores é com o policiamento no bairro, que segundo ele
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

O município de Erechim tem hoje 58 bairros oficiais, representados pelos presidentes das associações comunitárias de moradores. O Jornal Bom Dia inicia, com a matéria de hoje, uma série de reportagens com os representantes dessas associações. O objetivo é se aproximar mais de cada comunidade, ouvir dos moradores o que eles mais precisam e dar voz as suas reivindicações. 

Como todas as outras cidades do país, o desafio da administração pública é tentar levar a toda a população as condições mínimas para viver, como habitação, água, luz, esgoto, calçamento, transporte público e áreas de lazer. Assim como, outras políticas que possam gerar bem-estar as famílias e contribuir para o desenvolvimento econômico e social.

Iniciamos essa série de matérias com o Bairro União, que está localizado as margens da BR 153 e em cima de parte da desativada linha férrea, sendo talvez um dos menores bairros do município em tamanho e população, com cerca de 400 moradias e cerca de mil pessoas. A comunidade tem sede que é utilizada para reuniões e aniversários.

Segundo o presidente da Associação Comunitária Bairro União, Adair Antônio Soares, uma das principais reivindicações dos moradores é ter uma praça, um espaço público para levar a família e as crianças brincar em segurança, já que hoje isso ocorre nas estreitas ruas da comunidade.

Adair comenta que a associação já tinha indicado um local para a prefeitura comprar e fazer a praça, na época que era ainda orçamento participativo. Contudo, ele diz que agora tudo esfriou e a comunidade está sem nenhuma perspectiva. O lugar sugerido pela comunidade para fazer a praça tem hoje um campo de futebol improvisado, fica bem em frente ao bairro, entre a Avenida Francisco Magnus Speracke, a BR 153 e a subestação de energia.

Outra demanda do Bairro União diz respeito ao transporte público. O presidente da associação afirma que há somente uma rota de ônibus que passa pelo local, de hora em hora, e vai em direção ao Bairro Maria Clara. “A rota não volta pelo bairro, só passa e vai para outro lugar. A sugestão seria que houvesse uma linha que retornasse belo bairro, e não somente passasse por ele”, diz.

Adair sugere que o ônibus que passa a uns 800 metros rua abaixo, no Bairro Parque Lívia, poderia suprir essa necessidade subindo a rua até a parada do Bairro União. Conforme ele, seriam cinco minutos a mais nessa rota que tem ônibus mais seguido, depois faria o retorno e voltaria pelo mesmo lugar.

“Isso já ajudaria muito, os moradores iriam ficar muito satisfeitos com essa opção, principalmente nos dias de chuva e no inverno. A gente está lutando por isso há muitos anos, mas não consegue. Como é um bairro pequeno não dão muita atenção”, comenta.

Policiamento  

De acordo com Adair, outra preocupação dos moradores é com o policiamento no bairro, que segundo eles é precário. “Lá de vez em quando passa uma viatura, estamos abandonados, e só passar no local para nós não resolve, é preciso verificar o local com calma já que tem mato ao redor”, afirma. O representante acrescenta, também, que o bairro tem muito problema com drogas e roubo de carro.

Publicidade

Blog dos Colunistas