22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,52 Dólar R$ 4,04
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,52 Dólar R$ 4,04

Publicidade

Blog de Igor Dalla Rosa Muller

  • A revolução do turismo

    Por Igor Dalla Rosa Muller

    Machadinho está vivendo uma enorme transformação operada pelo turismo. O município com seis mil habitantes recebe por ano 80 mil turistas, o que injeta na economia local cerca de R$ 20 milhões, valor superior ao orçamento anual do município. E os projetos não param por aí. A cidade logo ganhará uma rua coberta com uma arquitetura inovadora, um espaço para cultura, shows e apresentações.  

    Um ponto importante dos bons resultados de Machadinho é a integração entre poder público, associação e comunidade, que dá suporte para realização de todos os projetos. Esse é um exemplo que mostra o potencial do turismo e que é preciso se reinventar.  

     

    Pórtico vai tomando forma em Itatiba do sul

    A obra do Pórtico do Morro da Ascensão em Itatiba do Sul aos poucos está sendo concretizada. O pórtico está sendo realizado por uma parceria entre a prefeitura e a Paróquia São Roque com responsabilidade técnica da engenheira Marlei Ogrodowski e da arquiteta Fabiane Luiza Fabris.

     

    Novos projetos no Feirão de Imóveis de Erechim

    O secretário de Desenvolvimento Econômico de Erechim, Altemir Barp, vai aproveitar o Feirão de Imóveis, que ocorre neste fim de semana, para apresentar o projeto do pavilhão multiuso, que será construído entre o Mercado Popular e a Feira do Produtor. O local servirá para receber vários eventos culturais, pequenas feiras, mostra de artesanato, entre outros. Na ocasião, o secretário também vai repassar informações sobre a instalação do Novo Distrito Industrial.

     

    Biorrefinaria em Viadutos 

    O Alto Uruguai foi representado pelo engenheiro agrônomo, Valdir Zonin, e pelo engenheiro Florestal, Elon Jagujewski, na importante reunião do GT Etanol realizada no 3º andar da Assembleia Legislativa do RS. Houve a participação das cinco regiões com projetos em andamento, parcerias, Comissão Agricultura da ALRS e representações dos gabinetes dos deputados Elton Weber, Paparico e Tiago Simon.

    Segundo Zonin, o tema em questão foi o projeto de lei do Programa Estadual de Apoio à Produção do Etanol (Proetanol/RS). “O principal gargalo da reunião é a necessidade de redução da tributação incidente na produção do etanol no nosso estado. Gargalo esse decisivo para a atração de investidores”, afirma.

    Zonin afirma que enquanto em São Paulo e Mato Grosso os impostos não chegam a R$ 0,50 por litro do etanol, “aqui no nosso estado é de R$ 1,471 por litro”. Ele ressalta que para atrair investidores na produção de etanol de amido ao estado é preciso primeiro de uma política de estado equalizando a tributação com os estados concorrentes, ou pelo menos, equiparando com os incentivos incidentes na produção do biodiesel, “considerados bons na ótica dos investidores, em nosso estado”.

    Conforme Zonin, o Grupo de Trabalho vai se reunir novamente no dia 30 desse mês, juntamente com a Comissão de Agricultura da ALRS, a Secretaria Estadual da Fazenda e Casa Civil para inclusão dessa fundamental reivindicação no projeto de lei que está em elaboração. “Vencendo essa etapa, estimamos que a lei esteja sancionada até o final deste ano. A partir daí, deverão deslanchar os cinco projetos de biorrefinarias em andamento, inclusive a de Viadutos, em nossa região, que prevê um processamento anual de cerca de 400 mil toneladas de cereais, produzindo 150 milhões de litros de etanol, 120 mil toneladas de farelos, além de CO2, óleos e energia elétrica”, afirma.

     

    Reforma da Previdência

    Em 44 coisas que você precisa saber sobre a Reforma da Previdência os economistas Eduardo Moreira, Eduardo Fagnani e Paulo Kliass, esclarecem pontos centrais da reforma.

    O item 11 fala que a “proposta da previdência não altera em nada os ‘salários e aposentadorias de marajás’. Isso porque, eles explicam, em parte esse problema já foi resolvido em 2012 com a criação do Funpresp, segundo o qual os novos ingressantes no serviço público tem um teto de aposentadoria de R$5.800. Em parte porque para corrigir essa anomalia, bastaria que o ‘teto constitucional’ (nenhum salário pode ser maior do que o pago para os ministros do STF) fosse respeitado. Não há absolutamente nada nessa proposta que atinja essas pessoas”, diz o texto.

    O item 13 complementa, “nenhum servidor público que ingressar no sistema pode se aposentar acima do teto de 5,839,45 reais. A regra que coloca os tetos dos benefícios dos servidores públicos iguais aos do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) já existe desde 2012, o que impedirá as super aposentadorias no futuro. Não é verdade que a ‘Nova Previdência’ fará isso, pois isso já está em funcionamento há seis anos”.

    Municípios     

    O item 17 mostra que em 2010, “3875 municípios tinham nos benefícios previdenciários pagos pelo RGPS a seus habitantes uma receita maior do que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Como 84% da economia prevista é em cima do RGPS, Abono e BPC, esses municípios terão suas economias afetadas diretamente e severamente pela reforma”.

    Efeito multiplicador

    O item 18 afirma que um estudo do IPEA mostra “que os benefícios pagos ao BPC têm um efeito multiplicador de 1,38 no PIB. Os pagos no RGPS um efeito multiplicador de 1,23. Já os pagos nos juros da dívida pública (destino da maior parte da economia de 1 trilhão proposta) tem efeito multiplicador de 0,71, ou seja, freiam a economia. Portanto, a proposta inibirá o crescimento para o país”.

    Aposentadoria rural

    O documento mostra no item 19 “que os estados mais pobres do país têm um percentual de aposentadorias rurais concedidas muito maior do que os estados mais ricos. Como exemplo, o Maranhão tem cerca de 70% dos benefícios concedidos sendo rurais enquanto São Paulo tem menos de 2%. A mudança proposta faz com que a maioria dos trabalhadores rurais não consigam ter acesso a esse benefício com as novas regras, o que aumentará ainda mais as desigualdades regionais”.   

    O texto traz ainda 39 outras avaliações sobre a proposta da reforma da Previdência.

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Gêmeos
21/05 até 20/06
Só aceite novas ideias se essas forem postas em...

Ver todos os signos