0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Blog de Dennis Allan

Geral

Dennis Allan

Dennis Allan é Formado em Comunicação pela Northern Illinois University (EUA).

Trabalha com ensinamento bíblico (palestras, administração do site www.estudosdabiblia.net, edição de livros e revistas de ensinamento da Bíblia.

É um trabalho independente, não vinculado a nenhuma denominação ou instituição religiosa. Escreve sobre a Bíblia -- história, interpretação e aplicação prática.

  • Uma Boa Decisão Requer Compromisso

    Por Dennis Allan

    Técnicos que ensinam jovens como jogar futebol, basquete e outros esportes frequentemente enfatizam a importância de dar sequência e concluir suas ações. Para chutar ou arremessar bem,  o jogador precisa dar continuidade e completar seu movimento. A lição aprendida no campo de futebol serve para muitas outras coisas na vida. É bom pensar, planejar, e projetar, mas boas decisões precisam ser postas em prática. Em outras palavras, uma boa decisão requer compromisso ativo.

     

    Josué, o segundo líder do povo de Israel, nunca jogou futebol, mas ele entendeu esse princípio de dar continuidade para por uma decisão em prática. Nos desafios que lançou no fim da sua vida, ele juntou verbos de decisão com verbos de ação, mostrando que a decisão de temer o Senhor levaria à ação de serví-lo. — Agora, pois, temam o SENHOR e o sirvam com integridade e com fidelidade. Joguem fora os deuses que os pais de vocês serviram do outro lado do Eufrates e no Egito e sirvam o SENHOR” (Josué 24:14). O serviço ativo a Deus exigiria, também, atos com propósito de tirar qualquer concorrente da vida desses israelitas. Precisavam jogar fora os falsos deuses para adorar o verdadeiro Senhor. Depois de ver as grandes demonstrações do poder e da fidelidade de Deus, os israelitas prometeram honrar o Senhor com seu serviço:Portanto, nós também serviremos o SENHOR, pois ele é o nosso Deus”;O que queremos é servir o SENHOR”; Ao SENHOR, nosso Deus, serviremos e obedeceremos à sua voz.” (Josué 24:18,21,24).

     

    Há um paralelo importantíssimo no Novo Testamento. Jesus viveu entre os seres humanos por mais de trinta anos, demonstrando sua divindade por meio dos seus ensinamentos e sinais. Servos dele, especialmente Mateus, Marcos, Lucas e João, registraram seus atos com um propósito: ...foram registrados para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenham vida em seu nome” (João 20:30-31). Mas a intenção não foi apenas conduzir os ouvintes e leitores a uma fé intelectual. Jesus estendeu o convite para todos se tornarem discípulos, seguidores determinados a servir na prática. Ele disse aos apóstolos: Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que tenho ordenado a vocês” (Mateus 28:19-20). A fé precisa ser ativa e obediente. A decisão de servir a Cristo requer compromisso!

     

    www.estudosdabiblia.net

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Escorpião
23/10 até 21/11
Fique de olho em uma oportunidade de promoção...

Ver todos os signos

Publicidade