14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Blog do Coluna do Leitor

Cenas da gravação do filme Os Monarcas a história participação do Thomas e os primeiros integrantes

O Monarca João Argenir dos Santos

Por Coluna do Leitor

Nascido na cidade de Passo Fundo em 20 de julho de 1954, um dos 6 filhos de Nelson e Dejanira dos Santos, João Argenir dos Santos enfrentou a extrema pobreza e mesmo com poucas perspectivas tornou-se uma das importantes vozes na música gaúcha e um compositor de relevância neste meio musical após mais de quatros décadas integrando Os Monarcas.

Sendo de origem muito humilde, a música e a literatura representavam uma fuga de sua realidade, inclusive não tendo acesso a uma escolarização. Começou a aprender tocar violão de forma autodidata aos 13 anos de idade, tendo apenas uma pequena orientação de seu amigo Algacir Costa (pai do violonista Yamandú Costa).

João percebe em sua adolescência que a música poderia ser um caminho para mudar de vida, ao voltar de uma serenata romântica mal sucedida, ao passar em frente a um bar onde os integrantes do clube de futebol Gaúcho (Passo Fundo) estavam comemorando e ao verem João passando com seu violão, o convidam para cantar algumas músicas. Sua plateia gostou de sua apresentação improvisada e vendo que ele estava em dificuldades financeiras, contribuíram coletivamente formando um cachê substancial, especialmente para alguém naquelas condições.

Esse episódio traria a oportunidade para João de tocar e cantar em outras oportunidades, inclusive em um restaurante de Passo Fundo, tendo em algumas ocasiões a participação de Adelino Matos.

Posteriormente formou com João Vinhaga de Getúlio Vargas o grupo The Golden Guitars, um grupo que tinha como base de repertório o rock e a música internacional. Também faziam parte do grupo Antônio Vinhaga (irmão de João Vinhaga) e Derli.

Apesar de João Argenir dos Santos ser influenciado pela poética da música gaúcha (através de artistas como Teixeirinha, José Mendes e Gildo de Freitas), no início da década de 1970, esse gênero não tinha muito espaço mesmo grupos como Os Monarcas precisavam ter em seu repertório outros gêneros musicais como sertanejo, bandinha e principalmente música internacional. E foi para essa função que João foi contratado, cantar a parte internacional do repertorio que Os Monarcas apresentavam.

Em 1974 quando João Argenir dos Santos é convidado para fazer parte dos Monarcas sendo exclusivamente um cantor, os integrantes eram Gildinho e Chiquito na voz e acordeom, Sebastião Couto de Arruda na guitarra e Valdir Scoton na bateria. Nesta época, quando o repertório necessitava, Chiquito assumia a função de tecladista também. Logo em seguida o saxofonista Hélio Schossler foi convidado para integrar o grupo, onde desempenhava sua função principalmente no repertório de bandinhas. Com o passar do tempo e mudanças de formação, João passou a tocar guitarra além de cantar no conjunto, ajudando a construir o estilo e identidade próprios.

Apesar de integrar Os Monarcas nos discos O Valentão Bombachudo (1978), Isso é Rio Grande (1980), Grito de Bravos (1982), o primeiro sucesso na voz de João aconteceu em 1985 no 7º disco chamado Rancho sem Tramela, com a música Chimarreando Só, quando mesmo contrariando a posição do produtor musical, Gildinho sugeriu que a interpretação vocal fosse de João.

Em 2017 João Argenir dos Santos tem cerca de 44 discos gravados com Os Monarcas, destes seis receberam premiação de Disco de Ouro. Gravou também um disco solo em 2014 chamado Andei, Cantei e Viajei, onde interpreta diversas composições suas.

Devido a sua situação social a composição foi a única forma que João encontrou para se expressar, de forma que aos 12 anos de idade já havia escrito duas canções, com o passar dos anos diversas de suas obras fizeram sucesso com Os Monarcas como por exemplo Vanera Grossa, Aquerênciado e Não encosta a barriguinha. Além disso outros artistas como Walter Moraes, João Luiz Corrêa, Tradição, Los Calientes, Os Serranos, também gravaram composições de João, tendo mais 300 obras gravadas.

Tem também uma galeria de fotos exclusiva aqui

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Virgem
23/08 até 22/09
SEX - Virgem, meu consagrado, as coisas podem engrossar no...

Ver todos os signos

Publicidade