Publicidade

Ensino

Caravana do Cpers visitou escolas de Erechim e região

Caravana do Cpers visitou escolas de Erechim e região

ato realizado em frente ao Colégio Haidée
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Leandro Zanotto

Direção central e integrantes do sindicato levaram pautas para serem discutidas com professores e funcionários das instituições

A Caravana do Cpers em Defesa da Educação Pública, que desde o dia 3 deste mês percorre escolas em todo o RS, passou pela região do Alto Uruguai nesta quinta-feira (12). A iniciativa consiste em uma mobilização da direção central do Centro dos Professores do Estado do RS (Cpers) que, em conjunto com diretoria local do sindicato, visitou 50 escolas em municípios de toda a região.

Nos encontros realizados nas instituições foram discutidos com professores e funcionários de escolas temas como as consequências da reforma do Ensino Médio; medidas do atual governo, questões salariais como parcelamento, entre outros. O objetivo da caravana é mobilizar a categoria em torno das pautas da educação e, neste sentido, fomentar a conscientização para as eleições de outubro deste ano.

Em Erechim foram visitadas pela caravana as escolas Sidney Guerra, Bela Vista, Salgado Filho, João Caruso, Érico Veríssimo, Santo Agostinho, José Bonifácio, Haidée, Colégio Agrícola, Sete de Setembro, Mantovani, Roque Gonzales e Imlau. A passagem da caravana pela região encerrou no fim da tarde com uma mobilização realizada em frente ao Colégio Haidée Tedesco Reali.

Além das instituições de ensino da Capital da Amizade, também foram visitadas escolas estaduais nos municípios de Getúlio Vargas, Campinas do Sul, Aratiba, Barão de Cotegipe, Jacutinga, Paulo Bento, Gaurama, Marcelino Ramos, Floriano Peixoto, Três Arroios, Mariano Moro, Centenário, Carlos Gomes, Áurea, Viadutos, São Valentim e Severiano de Almeida.

À tarde a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schürer, esteve no Bom Dia, acompanhada da diretora do 15º núcleo do sindicato, Marisa Betiato, ocasião em que ressaltou a importância de trazer tais debates para discussão com a categoria. Ambas destacaram a boa recepção da caravana nas escolas e salientaram que trata-se de um trabalho de conscientização em torno de medidas que terão forte impacto na educação pública a exemplo da reforma do ensino médio. “E também por ser uma oportunidade de falar de temas que necessitam de discussão e reflexão, pois influenciarão diretamente não somente na qualidade da educação, mas também na atuação e nos direitos dos trabalhadores da área”, pontuou Helenir.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas