Publicidade

Segurança

Ministério Público realiza operação em estabelecimentos de Erechim

Muitos produtos foram apreendidos
Por Ragnara Zago - jornalismo@jornalbomdia.com.br
Foto Ragnara Zago

Nesta terça-feira (10), no primeiro dia de operações da força-tarefa e Segurança Alimentar no município de Erechim, seis estabelecimentos foram vistoriados, mas nenhum interditado. O total de materiais recolhidos, inutilizados e impróprios ao consumo, foram em torno de três toneladas. A operação continua nesta quarta-feira (11), em mais estabelecimentos comerciais que não foram informados. 

Nos estabelecimentos, foram encontrados alimentos com prazo de validade vencidos e armazenados de forma irregular, além de carnes e embutidos fora da temperatura adequada e sem carimbo. 

Conforme o Coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e Promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, nas operações de hoje, o volume de produtos apreendidos foi maior, e os alimentos mais preocupantes, por estarem fora das condições de consumo, são as carnes. "Os principais problemas encontrados nos locais foram armazenamento inadequado, falta de procedência e muitos produtos vencidos", apontou. 

A operação está sendo realizada de forma conjunta por órgãos de segurança, como a Promotoria de Justiça, representantes da Delegacia do Consumidor, Polícia Civil, Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Erechim, Vigilância Sanitária Municipal e Secretarias Estaduais da Agricultura e da Saúde. O Ministério Público não informou até quando seguirá com as vistorias, e nem o total de estabelecimentos e produtos apreendidos.

Publicidade

Blog dos Colunistas