Publicidade

Blog de Rodrigo Finardi

  • Frinape: uma outra cidade dentro da cidade!

    Por Rodrigo Finardi
    Foto Fernando Genro

    A marca Frinape e o seu avanço ao longo dos anos, foi construída por muitas mãos, desde 1966. São 16 edições da maior feira do Alto Uruguai. 

    Durante esses 52 anos, passaram pelo Parque da Accie, toda a transformação e avanços de Erechim e região. 

    A evolução

    Empresas pequenas cresceram. Outras do passado, já não atuam mais. É a evolução de uma cidade num só local, com grande diversidade cultural, comercial, industrial, agrícola. Uma nova cidade dentro de uma cidade. Assim que definiria a Frinape. 

    Problemas compreensíveis

    E por ser uma cidade em movimento, surgem problemas. E que são compreensíveis, mesmo que alguns não aceitem. Faz parte do jogo e da estrutura gigante com mais de 400 expositores. 

    Discussões para o bom funcionamento

    É inevitável que surjam atritos. Que discussões ocorram para o bom funcionamento. E cada um com suas razões. E contrarrazões. Mas para um bem maior. O sucesso do evento. 

    Conversando com algumas pessoas, acabei tendo acesso a algumas conversas de grupos de whatsapp, mostrando momentos tensos.

    Se ajeitando e fluindo

    Mas tudo vai se ajeitando e a feira vai fluindo. Com elogios e reclamações, como qualquer cidade em movimento. É problema na água, na energia, no sinal de celular. Tudo dentro da normalidade, com programação trocando de horário toda a hora, mas vai fluindo.

    -----------------------------------------

    Olfar: ampliando os negócios

    O presidente da Olfar, José Carlos Weschenfelder, anunciou ontem (14) que a empresa erechinense adquiriu mais uma empresa de biodiesel. Desta vez no estado de Goiás. A Olfar não para de se expandir e acaba de lançar o Programa de Energia Sustentável. Objetivo é fomentar que a região plantes eucaliptos para ser autossustentável. 

     

    Concurso público 

    O vereador Claudemir de Araújo protocolou na secretaria do Legislativo erechinense, projeto para extinguir o cargo de assessor jurídico como CC (Cargo em Comissão). Sugere que a função seja desempenhada através de profissional de carreira, com concurso público exclusivo para a função.

     

    Inevitável desgaste

    Em recente reunião na sala da presidência da Câmara de Vereadores de Erechim ficou decidido investir numa TV aberta. Não foi unanimidade. Sofre resistência por parte de alguns vereadores. Quando o projeto for para votação em plenário poderá sofrer forte resistência pelo valor que deve ser investido. Uma discussão que se inicia que pode trazer desgaste.   

     

    Edital do Distrito Industrial Norte

    Depois de longo tempo será lançado na próxima sexta-feira (16) na Frinape o edital do Distrito Industrial Norte Davide Zorzi, pela prefeitura de Erechim.

    A área foi adquirida na gestão passada do ex-prefeito Paulo Polis e agora se concretiza no governo Luiz Schmidt.

    A demora se deu pelo fato de não existir legislação similar no Brasil. Foi necessário partir do zero com uma legislação específica, que poderá se tornar uma referência para outros municípios.

    As empresas ganharão os terrenos, mas serão responsáveis por toda a infraestrutura. Esse embrião é necessário para outros investimentos futuros. Erechim precisa.  

    O futuro presidente passa pelo PV

    A reunião da semana passada dos vereadores de oposição para garantir o acordo feito em 2016, deve garantir a presidência da casa para Alderi Oldra (PT) em 2019. No último ano pelo acordo a presidência é do PV de Ilgue Rossetto que por hora não pretende assumir a presidência em 2020. Mas passará por ele, numa futura negociação, caso a oposição se mantenha unida, indicar o futuro presidente. 

     

    Sananduva de braços abertos

    Uma empreendedora do agronegócio, em função de algumas dificuldades enfrentadas em Erechim, pode estar deixando a Capital da Amizade. Buscou apoio de alguns órgãos e não teve guarida. Sananduva deve ser seu destino, que lhe abriu às portas e espera de braços abertos, inclusive com doação de terreno para se expandir. 

     

    Perfil camaleão

    Na sessão solene da Câmara de Vereadores na Frinape na noite de terça-feira (13), com a entrega da Comenda Boa Vista do Erechim, para várias entidades e órgãos com serviços relevantes prestados, o presidente do Legislativo, Rafael Ayub (MDB) mostrou habilidade incomum na condução do protocolo. Ele tem um perfil camaleão de se adaptar a qualquer situação. Foi assim quando dirigiu a Vigilância Sanitária durante a crise da gripe influenza quando todos conheceram o Tamiflu. Depois como diretor executivo do Santa Terezinha durante greve dos médicos por falta de pagamento e agora como presidente da Câmara de Vereadores.  E futuramente, talvez, como secretário municipal de Saúde.

     

    A volta do cantor das multidões

    A primeira vez que vi o ex-vereador Jorge Psidonik (PT), foi em cima de um caminhão da CUT, num manifesto na BR 153 próximo a Frinape. Nem lembro quantos anos faz isso. Com um violão na mão cantava Geraldo Vandré e sua famosa música ‘para não dizer que não falei das flores’.

    Depois disso foi coordenador do Orçamento Público do governo Polis e seu trabalho acabou lhe rendendo uma eleição para vereador, mas acabou assumindo a secretaria de Obras Públicas e não se reelegeu para um segundo mandato junto ao Legislativo erechinense.

    Na noite da sessão solene na Frinape, Jorge que é suplente assumiu no lugar de Alderi Oldra que não pode participar. Voltava a cena pública o cantor das multidões, mas desta vez ao som do hinos do Brasil, de Erechim e do Rio Grande do Sul.

     

     

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Touro
21/04 até 20/05
Pense duas vezes antes de gastar com diversão....

Ver todos os signos

Publicidade