Publicidade

Blog de Rodrigo Finardi

  • Tragédia do ônibus escolar completa 14 anos

    Por Rodrigo Finardi
    Foto Rodrigo Finardi/Arquivo

    Manhã do dia 22 de setembro de 2004. Recebo uma ligação que um ônibus escolar tinha caído nas águas da barragem da Corsan em Erechim. O dia estava nublado com uma leve garoa.

    Diante da informação, me desloquei até o local. Não tinha a mínima dimensão do que estava por vir. Quando cheguei já tinham tirados alguns corpos da água. E esse trabalho interminável se seguiu por praticamente toda a manhã. Era a maior tragédia da história de Erechim envolvendo adolescentes que estavam a caminho da escola. Saldo final 17 mortos, sendo 16 adolescentes e uma monitora. O futuro interrompido de uma forma cruel.

    Até hoje as imagens daquele dia, que completa exatos 14 anos, nesse sábado (22), não me sai da cabeça. Os dias seguintes também foram fortes com velório e enterro coletivo.

    Durante esse tempo mantive em vários momentos contatos com os pais desses jovens. Em missas de sétimo dia, de um ano e a batalha judicial. Até pais acorrentados nas grades do Fórum pedindo justiça.

    Num grupo de facebook “as 17 vítimas da tragédia da Corsan” vários destes momentos intermináveis para os pais, que sofrem até hoje a ausência de seus filhos. Numa postagem, uma mãe escreveu sobre sonhos adiados: “temos destes dias...dias em que a ferida sangra e a saudade aperta, dias em que regredimos todo o caminho percorrido. Dias que só o que queremos é ter novamente aqueles que amamos e partiram”.

    Uma tragédia para nunca se esquecer. E lembrar a cada ano, para que nunca mais se repita e como é retratado em outra postagem do grupo: “eu gostaria que no céu, tivesse horário de visita só para podermos matar a saudade de quem já se foi”.

     

     “Gritos não me assustam”

    Na última quarta-feira (19) um grupo de moradores do Loteamento Dona Sandra estiveram na prefeitura de Erechim para cobrar algumas obras que deixaram de ser feitas no local. E a pressão surtiu resultados, após terem sidos recebidos pelo prefeito Luiz Schmidt: “Acabou tudo em paz, em cumpro a lei. Vieram pressionar os moradores por obras que são obrigação do loteador. Ficou acordado que vamos promover uma reunião entre o loteador e os moradores. A prefeitura é parceira, mas cada um cumpre suas obrigações. Reafirmo que cumpro a lei e dela não me afasto”,

    Disse ainda que: “gritos não me assustam, filmar é proibido sem autorização e eu avisei eles como quando me disseram que iam ao MP, me propus e forneci o endereço. A lei protege quem a cumpre, logo protege a mim”.

     

    Não vão votar nos mesmos

    O que mais se escuta das pessoas indignadas com o momento atual político é que não vão votar nos mesmos. Que estão cansados de toda a ‘maracutaia’ que vem de Brasília.

    E essa descrença é compreensível e justifica em partes a intolerância que vemos todos os dias nas redes sociais.

    Mas essa tendência de voto de protesto, não se justifica votar em branco e nulo, pois desta forma acaba beneficiando quem já está no poder e tem seus currais eleitorais, as emendas, o fundo partidário e a estrutura de gabinete, travando uma disputa desigual.

    Se querem mudança de verdade precisam escolher alguém e votar. E na região temos várias opções, tanto para estadual como federal.

     

    Jogo pesado

    Conversando com um deputado federal que busca à reeleição, me relatou o jogo pesado quando do impeachment de Dilma Rousseff e depois nos processos para cassação do mandato de Michel Temer. Segundo ele, as propostas eram milionárias e quando disse não, outro deputado gaúcho teria dito para ele: “enquanto você tiver correndo atrás de votos eu estarei inaugurando obras”.

     

    LDO 2019 com crescimento de 2,68%

    Na próxima segunda-feira (24) será votado na Câmara de Vereadores de Erechim a Lei de Diretrizes Orçamentárias 2019. A previsão de arrecadação para o próximo ano é R$ 298,6 milhões. Um crescimento de 2,68% em relação a esse ano que deve fechar com arrecadação de R$ 290,8 milhões. Isso incluindo o Executivo, Legislativo e o Instituto Erechinense de Previdência (IEP). Só a prefeitura a previsão é de R$ 263 milhões.

     

     

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Peixes
20/02 até 20/03
O dia representa profundidade e envolvimento emocional com...

Ver todos os signos

Publicidade